PRÉ-CANDIDATOS TRANSFORMAM SITES OFICIAIS EM PÁGINA PARA DOAÇÕES NOS EUA

Doze pré-candidatos à Presidência dos Estados Unidos pedem ajuda financeira a seus apoiadores em seus sites oficiais de campanha. Tanto os democratas quanto os republicanos deixam a aba de doações na primeira página de seus sites. O único pré-candidato que não pede doação é o bilionário Michael Bloomberg – 9ª pessoa mais rica do mundo.
Os candidatos à Casa Branca já arrecadaram mais de US$ 1 bilhão para suas campanhas. Quem mais levantou doações é justamente o atual presidente, Donald Trump, com US$ 211,3 milhões.
O republicano é seguido pelos democratas Tom Steyer (US$ 206 milhões) e Michael Bloomberg (US$ 200,3 milhões). O pré-candidato que menos arrecadou, até o momento, é o democrata Deval Patrick (US$ 2,3 milhões).
Ex-gerente de fundos de investimentos e bilionário Steyer, é o único que financia a própria campanha e também pede doação. Seu desempenho nas prévias democratas até aqui, no entanto, prova que dinheiro não compra sucesso eleitoral. No caucus de Iowa, não conquistou nenhum dos delegados. Também não saiu do zero em New Hampshire, onde a contagem dos delegados se dá a partir do voto direto em cédulas. Steyer gastou US$ 19,2 milhões em sua campanha no Estado e obteve 10.272 votos –média de US$ 1.869 gastos por voto conquistado.
Os sites de Joe BidenDonald TrumpBernie SandersTom SteyerMichael BennetAndrew YangElizabeth Warren e Pete Buttigieg pedem contribuição. Eis a galeria com as página iniciais de cada 1:




PRÉ-CANDIDATOS TRANSFORMAM SITES OFICIAIS EM PÁGINA PARA DOAÇÕES NOS EUA PRÉ-CANDIDATOS TRANSFORMAM SITES OFICIAIS EM PÁGINA PARA DOAÇÕES NOS EUA Reviewed by Francisco Erivan Justino on segunda-feira, fevereiro 17, 2020 Rating: 5

Nenhum comentário: