WEINTRAUB DIZ QUE ERRO NA CORREÇÃO DO ENEM AFETOU 6.000 CANDIDATOS

O ministro Abraham Weintraub (Educação) disse nesta 2ª feira (20.jan.2020), em entrevista entrevista à Rádio Gaúcha, do Rio Grande do Sul, que o número de candidatos afetados pelo erro na correção da prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) atingiu cerca de 6.000 pessoas. Ele avalia o impacto como “baixo” e disse que tudo está sendo resolvido.
“A gente já tem o número de pessoas e vai ser corrigido hoje à noite”, afirmou Weintraub. “Estamos falando de 0,1% das pessoas, isso dá cerca de 5.000 ou 6.000 candidatos, problemas que vão ser corrigidos. O impacto é baixo e não vai ter nenhum efeito para a maioria das pessoas.”
No último sábado (18.jan), o Ministério da Educação admitiu que houve “inconsistências” no resultado do Exame, mas o número estimado de pessoas afetadas era de 30 mil, o equivalente a cerca de 1% dos candidatos.
Segundo o ministro, o problema foi motivado por erro na impressora da gráfica Valid Soluções S.A, responsável pela diagramação, manuseio, embalagem, rotulagem e entrega aos Correios dos cadernos das provas.
Weintraub disse ainda que deverá tomar medidas cabíveis contra a gráfica. “Aparentemente não foi uma coisa de má fé, foi um acidente, coisa que acontece. Não depende da minha avaliação. A gente vai ver legalmente o que acontece”.
Foi identificado que alguns candidatos tiraram notas muito altas em 1 dias e muito baixas no outro. O problema foi percebido em 4 municípios de Minas Gerais. “Não faz sentido uma pessoa gabaritar no 1º dia e no 2º ela tirar zero“, disse.
WEINTRAUB DIZ QUE ERRO NA CORREÇÃO DO ENEM AFETOU 6.000 CANDIDATOS WEINTRAUB DIZ QUE ERRO NA CORREÇÃO DO ENEM AFETOU 6.000 CANDIDATOS Reviewed by Francisco Erivan Justino on terça-feira, janeiro 21, 2020 Rating: 5

Nenhum comentário: