RN REGISTRA 104% A MAIS DE CHUVAS DO QUE O ESPERADO PARA O MÊS DE JANEIRO

RN registra 104% a mais de chuvas do que o esperado para o mês de janeiro

Com as chuvas que vem caindo nos últimos dias, a população potiguar está com expectativas positivas com relação ao inverno de 2020, depois de sete anos de seca. Somente na primeira quinzena do mês de janeiro, a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN) registrou volume de chuvas 104,4% superior ao esperado para este período no Rio Grande do Norte. A média foi de 59,7 milímetros (mm) de chuva, enquanto que a esperada era de 29,2 mm.

A mesorregião Agreste foi a que registrou o maior percentual, onde choveu 69 mm, enquanto que era esperado um volume médio de 22,2 mm. Isso corresponde a um aumento de 212,9% no volume de chuva. O município de Barcelona, que fica na região, registrou, por exemplo, mais de 150 mm em apenas um dia de chuva neste período.

Os dados foram apresentados na tarde desta quinta-feira (16) durante reunião sobre as perspectivas para o inverno de 2020, promovida pela Secretaria da Agricultura, da Pecuária e da Pesca do Rio Grande do Norte (Sape), no auditório da sede da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), localizada em Parnamirim.

O Chefe da Unidade Instrumental da Emparn, Gilmar Bristot fez uma apresentação sobre o balanço das chuvas na primeira quinzena e as perspectivas para o inverno no semiárido potiguar. Ele explicou que no mês de janeiro, climatologicamente ocorrem as chuvas da pré-estação chuvosa ocasionadas por sistemas meteorológicos como Vórtice ciclônicos de altos Níveis (VCANS), Restos de Frentes Frias FF) e Linhas de Instabilidades Convectivas (LIC). Esses sistemas, que são típicos de meses quentes, transitam sobre a Região Nordeste e podem ou não ocasionarem chuvas, sendo que essas chuvas são normalmente fortes, localizadas e de pouca duração.

“Neste ano, 2020, tivemos a ocorrência de dois eventos com atuação de Vórtice Ciclônico de Altos Níveis. O primeiro logo no princípio do mês e um segundo entre os dias 6 e 10 de janeiro. As chuvas observadas devido a atuação do sistema, foram significativas, com valores superiores os 100mm acumulados ”, destacou Bristot.

A análise pluviométrica do período aponta ainda que o acumulado de chuvas até  50mm foram observados nas Microrregiões do Litoral Sul, Vale do Assú e Seridó Ocidental. No restante do Estado predominaram chuvas com valores acima de 50mm com destaque para as Regiões da Grande Natal, Trairi e Alto Oeste.
Perspectivas para o inverno 2020
As atuais condições oceânicas e atmosféricas indicam para o Rio Grande do Norte, a tendência das chuvas ocorrerem dentro ou acima da média histórica na região semiárida potiguar.
“As previsões são as melhores possíveis, com expectativas para o fim de janeiro e início de fevereiro que teremos um regime chuvoso bem distribuído, durante toda essa época de chuva que começa em fevereiro e vai até o fim de março, mas com perspectivas dê continuidade até meados de maio, junho. É muito bom, você vê o alívio do agricultor após sete anos de seca”, declarou o Secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca do RN, Guilherme Saldanha.
Estavam presentes no evento, entre outras autoridades, o secretário de Agricultura, Pecuária e da Pesca, Guilherme Saldanha, o secretário do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar – SEDRAF, Alexandre de Oliveira Lima, o presidente da Emparn, Rodrigo Maranhão, o presidente da Emater, César José de Oliveira, diretor do Igarn,  além de diretores da Emparn, representantes de órgãos públicos, uma equipe da Defesa Civil do Estado, interessados e a imprensa potiguar.

Grande Ponto
RN REGISTRA 104% A MAIS DE CHUVAS DO QUE O ESPERADO PARA O MÊS DE JANEIRO RN REGISTRA 104% A MAIS DE CHUVAS DO QUE O ESPERADO PARA O MÊS DE JANEIRO Reviewed by Francisco Erivan Justino on segunda-feira, janeiro 20, 2020 Rating: 5

Nenhum comentário: