PIOR QUE TÁ, FICA: TIRIRICA É INVESTIGADO POR USO INDEVIDO DA VERBA DE GABINETE

Pior que está, fica: Tiririca investigado por uso indevido da verba de gabinete.

O humorista e deputado federal por São Paulo, Tiririca, é alvo de uma investigação instaurada pelo Ministério Público Federal desde o dia 18 de novembro. O órgão apura se o parlamentar utilizou “verba de gabinete para realizar viagens particulares”.
De acordo com o inquérito, Tiririca comprou com dinheiro público passagens aéreas para o Ceará, seu estado natal, contudo, a verba destinada à locomoção do deputado poderia apenas ser usada para o estado no qual ele foi ele, ou seja, São Paulo. A Câmara estabelece, entre outras regras, que os recursos para viagens do político têm de estar relacionados com o exercício do mandato ou com deslocamentos para a sua base eleitoral. Os bilhetes não podem servir para benefício pessoal.
O inquérito civil investiga se os gastos do deputado e seus assessores com passagens aéreas ao longo deste ano tiveram como finalidade cumprir agenda parlamentar ou se foram utilizadas com outro propósito. Tiririca, eleito por São Paulo, costuma postar fotos em suas redes sociais divulgando shows em sua terra natal.
Somente neste ano, o seu gabinete gastou mais de 70 000 reais em dinheiro público para se deslocar dezenas de vezes de Brasília a Fortaleza.
Fonte: Veja
PIOR QUE TÁ, FICA: TIRIRICA É INVESTIGADO POR USO INDEVIDO DA VERBA DE GABINETE PIOR QUE TÁ, FICA: TIRIRICA É INVESTIGADO POR USO INDEVIDO DA VERBA DE GABINETE Reviewed by Francisco Erivan Justino on sexta-feira, novembro 29, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário: