COM GOL CONTRA NO FIM, VASCO SEDE EMPATE AO GOIÁS EM SÃO JANUÁRIO


Com gol contra de Oswaldo Henríquez, aos 51 minutos da etapa complementar, o Vasco cedeu o empate por 1 a 1 com o Goiás, nesta segunda-feira, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado ainda deixa os times correndo algum risco, ainda que remoto, de rebaixamento e foi pior para o time cruzmaltino, que deixou o campo debaixo de vaias.
Com o resultado, o Goiás somou seu terceiro tropeço consecutivo no torneio e ficou com 43 pontos, em 11º lugar, contra 44 do décimo Vasco, que marcou um gol contra pela segunda partida seguida, já que Danilo Barcelos havia feito no empate por 4 a 4 contra o Flamengo.
O Goiás não esperou o Vasco e foi logo criando as principais oportunidades de gol. Logo aos dois minutos, Rafael Moura evitou a saída da bola e cruzou para Leandro Barcia. O atacante desviou na primeira trave e obrigou Fernando Miguel a fazer grande defesa. O goleiro, na sequência, voltou a brilhar ao fazer um milagre no cabeceio de Gilberto, após cobrança de escanteio de Thalles.
Aos poucos, o Vasco foi equilibrando e dominando as ações. No entanto, levou um susto aos 32 minutos, quando Rafinha recebeu na esquerda, puxou para o meio e mandou caprichosamente no travessão. O castigo veio aos 34. Cáceres jogou a bola na área, e Marrony só não marcou, pois Tadeu tirou em cima da linha. A bola voltou para Guarín, que colocou no fundo das redes.
Após o gol, o time carioca foi bem superior e viu Rossi ser o jogador mais acionado. O atacante apostou na velocidade para tentar fazer o segundo, mas na melhor tentativa Tadeu fez defesa segura. Já o Goiás foi só se reencontrar na etapa final. Rafael Moura apareceu livre dentro da área e cabeceou por cima.
O jogo, então, ficou aberto. O Vasco, no entanto, comandou as jogadas mais ríspidas. Rossi acionou Cáceres, que cruzou para Guarín. O volante parou em Tadeu. Já o Goiás teve um gol anulado, marcado por Fábio Sanches, após confusão dentro da área envolvendo Guarín e Rafael Moura. O árbitro consultou o VAR e assinalou falta do atacante do time esmeraldino.
Nos minutos finais, o Vasco cansou de perder gols incríveis. Rossi recebeu de Ribamar e acertou a trave. Aos 46, Ribamar recebeu completamente livre de marcação, avançou com liberdade e, com Guarín do lado, optou por chutar para novo milagre do Tadeu. Após a conclusão do lance, o árbitro marcou impedimento do centroavante.
Antes do apito final, o Goiás se jogou ao ataque, tanto que o goleiro Tadeu foi até o campo adversário. Na pressão, chegou ao gol. Aos 51, o camisa 23 tentou de voleio, mas errou a bola. Richard foi afastar e deixou a bola viva na grande área do Vasco Rafael Moura, então, deu um leve toque para Henríquez, no último lance, chutar contra o próprio gol e definir o empate em São Januário.
O próximo compromisso do Goiás será no domingo, às 16 horas, diante do Bahia, no Serra Dourada. Já o Vasco enfrentará o São Paulo apenas em 28 de novembro, às 20h30, no Morumbi.
FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 1 GOIÁS
VASCO – Fernando Miguel; Raúl Cáceres (Bruno Gomes), Oswaldo Henríquez, Ricardo e Danilo Barcelos (Alexandre Melo); Richard, Guarín, Raul e Marcos Júnior (Ribamar); Rossi e Marrony. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.
GOIÁS – Tadeu; Yago Rocha (Vinícius), Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jeferson (Alan Ruschel); Gilberto, Léo Sena (Kaio), Thalles e Rafinha; Rafael Moura e Leandro Barcia. Técnico: Ney Franco.
GOLS – Guarín, aos 34 minutos do primeiro tempo. Oswaldo Henríquez (contra), aos 51 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO – Paulo Roberto Alves Júnior (PR).
CARTÕES AMARELOS – Danilo Barcelos e Raul (Vasco); Alan Ruschel, Léo Sena e Ney Franco (Goiás).
RENDA – R$ 656.767,00.
PÚBLICO – 17.867 torcedores.
LOCAL – Estádio de São Januário, no Rio (RJ).
COM GOL CONTRA NO FIM, VASCO SEDE EMPATE AO GOIÁS EM SÃO JANUÁRIO COM GOL CONTRA NO FIM, VASCO SEDE EMPATE AO GOIÁS EM SÃO JANUÁRIO Reviewed by Francisco Erivan Justino on terça-feira, novembro 19, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário: