DETENTOS DE PERNAMBUCO VÃO COLHER 40 MIL ESPIGAS DE MILHO

Detentas da Colônia Penal Feminina de Buíque (foto) cuidam do milharal antes da colheita. Foto: divulgação / Seres

Detentos e reeducandas quem cumprem pena no interior de Pernambuco vão colher cerca de 40 mil espigas de milho que eles mesmos plantaram. A colheita será usada para produzir as comidas típicas que vão abastecer as festas juninas das unidades prisionais do estado.
A maior parte da safra – cerca de 35 mil espigas – foi plantada por 60 detentos do regime semiaberto que cumprem pena no Centro Regional do Agreste (CRA), em Canhotinho. A colheita está marcada para o dia 20 de junho.
Já a detentas da Colônia Penal Feminina de Buíque (CPFB), no Agreste pernambucano, também plantaram três mil pés de milho e vão colher mais de quatro mil espigas. As espigas e os pratos típicos serão servidos na festa da própria unidade prisional.
De acordo com a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), as três colônias penais femininas de Pernambuco (de Buíque, do Recife e de Abreu e Lima) estão preparando programações especiais para o São João de 2019.
DETENTOS DE PERNAMBUCO VÃO COLHER 40 MIL ESPIGAS DE MILHO DETENTOS DE PERNAMBUCO VÃO COLHER 40 MIL ESPIGAS DE MILHO Reviewed by Francisco Erivan Justino on segunda-feira, junho 17, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário: