EX-PREFEITO DE SERRA DE SÃO BENTO É CONDENADO PELO TCE\RN E TERÁ QUE DEVOLVER R$ 1,3 MILHÃO AO ESTADO

(GETTYIMAGES)
A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) determinou que o ex-prefeito de Serra de São Bento, Francisco Erasmo de Morais, devolva ao erário R$ 1,3 milhão em virtude de irregularidades na prestação de contas do Município relativas ao ano de 2010. Através de fiscalização realizada pela Diretoria de Administração Municipal, foram identificadas falhas na prestação de contas de licitações, contratos, obras de engenharia, educação e saúde.
Segundo os termos do voto do conselheiro Carlos Thompson Costa Fernandes, acatado pelos demais membros da Primeira Câmara, não foram justificados gastos de R$ 1,1 milhão provenientes do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica, além de R$ 214 mil em combustíveis e manutenção de veículos sem a identificação dos beneficiados. A DAM identificou também irregularidades na contratação de assessoria contábil e jurídica, despesas sem licitação, entre outras irregularidades.
“Com efeito, mais do que a confiabilidade dos elementos que compõem as contas em si, a doutrina e a jurisprudência exigem a prova da correta aplicação dos recursos públicos, prova essa que fica absolutamente comprometida ante a omissão do gestor em prestá-las”, apontou o conselheiro no voto.
Em relação aos recursos do Fundeb, foi demonstrado que, no ano de 2010, o município de Serra de São Bento não investiu o percentual obrigatório dos recursos para pagamento de professores. “Sucede que essa conduta, de não respeitar o limite mínimo de 60% na destinação de recursos para o pagamento da remuneração dos profissionais de magistério, evidencia que houve desvio de finalidade, vez que não se respeitou o objetivo específico previsto na Constituição Federal e na lei ordinária regulamentadora do Fundeb”, relata o conselheiro.
Ex-prefeito de Serra de São Bento, Francisco Erasmo de Morais
Além disso, o ex-prefeito foi condenado a pagar multas que correspondem a cerca de R$ 53,9 mil, com valores a serem corrigidos. O TCE emitiu também parecer prévio pela inclusão de Francisco Erasmo de Morais em lista a ser encaminhada à Justiça Eleitoral e enviou representação para que o Ministério Público Estadual investigue possível prática de improbidade administrativa.
EX-PREFEITO DE SERRA DE SÃO BENTO É CONDENADO PELO TCE\RN E TERÁ QUE DEVOLVER R$ 1,3 MILHÃO AO ESTADO EX-PREFEITO DE SERRA DE SÃO BENTO É CONDENADO PELO TCE\RN E TERÁ QUE DEVOLVER R$ 1,3 MILHÃO AO ESTADO Reviewed by Francisco Erivan Justino on quarta-feira, junho 12, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário: