CAIXA ESTUDA REVER JUROS DE CONTRATOS HABITACIONAIS ANTIGOS



DANIEL TEIXEIRA/AEO presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou, nesta quinta-feira (12/12/2019), que o banco poderá rever os atuais contratos habitacionais para permitir que mutuários – pessoas que recebem empréstimo para adquirir bens – antigos se beneficiem das reduções nas taxas de juros cobradas hoje nos financiamentos.
“Nós estamos estudando [a revisão dos contratos]. Nós oferecemos para clientes de outros bancos e estamos, neste momento, estudando essa oferta para clientes da Caixa que já tenham crédito imobiliário“, afirmou.
De acordo com a instituição, atualmente, a taxa do crédito imobiliário para novos mutuários é de 6,75% ao ano mais taxa referencial (TR, zerada desde 2018). A partir da próxima segunda-feira (16/12/2019), esse índice cairá para 6,5% ao ano mais TR. A queda será de 0,25 ponto percentual.
O presidente da Associação dos Mutuários e Consumidores de Imóveis (Asmut), Hebert Tavares, 53 anos, faz um comparativo do financiamento de um antigo cliente, com a taxa de juros que, em média, chega a 12%.
Assume-se que em um financiamento de R$ 300 mil a ser pago durante 300 meses, com 12% de juros ao ano, a prestação base sairia por R$ 3.159,67; e, ao fim dos 25 anos, seria pago o valor base de R$ 947.901,00.
Se a taxa para antigos mutuários caísse para os 6,5%, agora oferecidos aos novos contratantes de financiamento, a prestação base cairia para R$ 2.025,62, e em 300 meses o valor total do custo base ficaria em R$ 607.686,00, gerando uma economia de R$ 340.215.
Para Tavares, existe um desalinho nos contratos que gera lucro maior do que o esperado para os agentes financiadores (bancos), e a diminuição dessa taxa de juros vai beneficiar pessoas que tentam quitar suas dívidas. “Se você reduz 1% que seja do valor dos juros, a prestação do mutuário pode cair de 5% a 8%, dependendo do prazo do financiamento”, destacou.
Tavares enfatiza a importância da mudança. “Já que houve mudança nas regras da caderneta de poupança, nada mais justo do que ajustar e mudar as regras de financiamento. Trabalho de gente honesta”, completou.






CAIXA ESTUDA REVER JUROS DE CONTRATOS HABITACIONAIS ANTIGOS CAIXA ESTUDA REVER JUROS DE CONTRATOS HABITACIONAIS ANTIGOS Reviewed by Francisco Erivan Justino on sexta-feira, dezembro 13, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário: