VAR ETERNO, MINIMÍSSIL E MAIS NA 11ª RODADA DO BRASILEIRÃO 2019


Resultado de imagem para VARA 11ª rodada do Campeonato Brasileiro só termina nesta segunda-feira (22/07/2019) — São Paulo e Chapecoense se enfrentam às 20h –, mas já desempenhou papel significativo na competição. A derrota do Palmeiras para o Ceará no sábado (20/07/2019) e a vitória do Santos sobre o Botafogo domingo (21/07/2019) impuseram uma liderança dividida entre as equipes paulistas, com 26 pontos, a 27 rodadas do fim. Flamengo e Atlético-MG tiveram a chance de reduzir a distância para os ponteiros, mas não saíram de empates nos duelos contra Corinthians e Fortaleza, respectivamente. O Fluminense entrou na zona de rebaixamento ao perder o clássico contra o Vasco e o lanterna Avaí segue sem saber o que é vitória.
Perdeu algum detalhe da rodada? A seguir o Metrópoles recorda alguns destaques das partidas deste fim de semana. Tem de VAR eterno a minimíssil aleatório.
Minimíssil aleatório
O atacante Marinho não é bom só dentro de campo. Fora dele, costuma soltar algumas pérolas e neste domingo (21/07/2019) não foi diferente. Autor do gol da vitória por 1 x 0 sobre o Botafogo, ele apelidou o feito de “Minimíssil aleatório”. É mole?

Nasceu em São Januário
O clássico carioca na manhã desse sábado (20/07/2019) teve a estreia de Nenê pelo Fluminense. O meia-atacante fez usa primeira partida diante do Vasco, mas não durou muito. Com a expulsão de Digão, ele foi sacado logo no início do 2º tempo.

VAR, sempre VAR
Cada vez mais presente nos jogos, o árbitro de vídeo voltou a atacar. Em Itaquera, domingo (21/07/2019), ele demorou 6 minutos para validar um gol do Flamengo sobre o Corinthians em lance de impedimento. Em Belo Horizonte, o VAR mandou voltar uma cobrança de pênalti defendida pelo goleiro do Fortaleza. Na segunda vez, o goleiro Felipe Alves pegou de novo. No duelo entre Ceará e Palmeiras, duas revisões definiram lances capitais. No primeiro gol e num possível pênalti para o Alviverde. Em São Januário, o técnico Luxemburgo comemorou a não interferência do VAR na partida.

Sem saber que era impossível…
O Ceará conseguiu fazer o que nenhum outro time conseguiu em 33 rodadas. O Vozão derrubou o líder Palmeiras por 2 x 0 e encerrou uma invencibilidade que durava desde o ano passado.

GERALDO BUBNIAK/AGB/ESTADÃO CONTEÚDOGERALDO BUBNIAK/AGB/ESTADÃO CONTEÚDOGERALDO BUBNIAK/AGB/ESTADÃO CONTEÚDO
Vermelhou
Os jogadores estavam com o sangue quente nesta rodada. Em 9 partidas disputadas, os árbitros tiveram que expulsar seis jogadores.

Como ficaram os jogos da 11ª rodada

Vasco 2 x 1 Fluminense

No duelo entre duas das defesas mais vazadas do Campeonato Brasileiro, em São Januário, os sistemas defensivos estiveram em foco a todo momento e foram decisivos para decretar a vitória do Vasco sobre o Fluminense por 2 x 1.

Bahia 0 x 0 Cruzeiro
Um Cruzeiro inteiramente reserva e um Bahia com um jogador a menos desde o primeiro tempo. O cenário na Fonte Nova, em Salvador, foi perfeito para o placar de 0 x 0 reinar até o final.

Internacional 1 x 1 Grêmio
Não existe Gre-Nal tranquilo nem com os reservas. Apesar de o Internacional ter sido o dono do jogo, o Grêmio mostrou por que é um dos times mais difíceis de ser batido. A soberania de um lado com o oportunismo do outro fez o duelo no Beira-Rio terminar empatado por 1 x 1.

Ceará 2 x 0 Palmeiras
O que parecia impossível no Campeonato Brasileiro aconteceu. O Palmeiras perdeu um jogo pelo Nacional após incríveis 33 rodadas de invencibilidade. O responsável pelo fenômeno foi o Ceará, no Estádio Castelão: 2 x 0.

CSA 0 x 4 Athletico-PR
Mesmo com um time todo reserva por conta do jogo contra o Boca Juniors, pela Copa Libertadores, na próxima quarta-feira (24/07/2019), o Athletico-PR manteve o bom momento ao golear o CSA por 4 x 0, no estádio Rei Pelé.

Botafogo 0 x 1 Santos
O Santos chegou a ficar com um jogador a menos durante 20 minutos no confronto com o Botafogo, mas o foco em dividir a liderança do Campeonato Brasileiro com o Palmeiras falou mais alto. O empenho deu resultado e com um gol de Marinho o time da Vila venceu por 1 x 0.

Atlético-MG 2 x 2 Fortaleza
Dois jogadores do Fortaleza roubaram a cena no empate por 2 x 2 contra o time misto do Atlético-MG, no estádio Independência: o goleiro Felipe Alves pegou dois pênaltis e o volante Juninho fez golaço contra. Depois, se redimiu e marcou um a favor.

Corinthians 1 x 1 Flamengo
Corinthians e Flamengo não estiveram numa tarde inspirada e num duelo de muita entrega na marcação e pouca inspiração de ambos os lados, o empate por 1 x 1 freou as ambições de ambas as equipes no Campeonato Brasileiro.


Avaí 0 x 0 Goiás
Lanterna do Campeonato Brasileiro após 11 rodadas, o Avaí segue sem saber o que é vencer — única equipe que não venceu. O time comandado por Alberto Valentim não aproveitou que jogava em casa no domingo e não saiu do empate por 0 x 0 com o Goiás.
VAR ETERNO, MINIMÍSSIL E MAIS NA 11ª RODADA DO BRASILEIRÃO 2019 VAR ETERNO, MINIMÍSSIL E MAIS NA 11ª RODADA DO BRASILEIRÃO 2019 Reviewed by Francisco Erivan Justino on segunda-feira, julho 22, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário: