DESABASTECIMENTO E FALTA DE CONDIÇÕES FAZEM DIREÇÃO DO SANTA CATARINA MUDAR TIPO DE ATENDIMENTO

A partir da segunda-feira (22), o Pronto Socorro Adulto do Hospital Dr. José Pedro Bezerra, na Zona Norte de Natal, passará a funcionar com atendimento referenciado, ou seja, recebendo apenas pacientes encaminhados por outras unidades de saúde. A decisão foi tomada pela direção do hospital e comunicada nesta segunda-feira (15) ao secretário estadual de Saúde, Ricardo Lagreca, em memorando.
No texto, a direção do hospital atribui a mudança à falta de profissionais, medicamentos, materiais e leitos para atender a demanda de pacientes do hospital, agravada pelas greves de servidores terceirizados da nutrição, vigilância e higienização.
Atualmente, terceirizados da SAFE estão em greve para receber o salário de dezembro, e os vigilantes da empresa Garra prometem entrar em greve dia 22, diante do não pagamento do salário de janeiro. Durante a última greve dos vigilantes, em janeiro, os servidores do hospital ameaçaram parar o atendimento, após duas tentativas de agressão a técnicas de enfermagem.
O Santa Catarina é o último hospital da Sesap na capital a funcionar com o atendimento referenciado. No dia 14 de janeiro, o Hospital Giselda Trigueiro, nas Quintas, passou a adotar o sistema. Segundo a direção da unidade, cerca de 90% dos atendimentos no PSA do Santa Catarina é de casos de baixa complexidade, que deveriam ser atendidos em UPAs ou unidades de saúde.
“É mais uma redução de serviços. E isso em meio à crise de dengue e do zika vírus. Para onde as pessoas irão? O município de Natal não tem condições de atender a demanda. As UPAs não foram inauguradas e quando forem, vai faltar pessoal. O hospital municipal e as duas UPAs vivem superlotadas, e a capacidade de atendimento foi reduzida, com o fim do Sandra Celeste”, afirma Simone Dutra, do Sindsaúde-RN. “O estado deve garantir condições para que o Santa Catarina funcione de portas abertas até que o município garanta o atendimento”, propõe. 
DESABASTECIMENTO E FALTA DE CONDIÇÕES FAZEM DIREÇÃO DO SANTA CATARINA MUDAR TIPO DE ATENDIMENTO DESABASTECIMENTO E FALTA DE CONDIÇÕES FAZEM DIREÇÃO DO SANTA CATARINA MUDAR TIPO DE ATENDIMENTO Reviewed by Erivan Justino on 18 fevereiro Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo