HENRIQUE ALVES PRORROGA PRAZO DA OBRA DA ESTRADA DE PIPA ANTES DE DEIXAR MINISTÉRIO DO TURISMO

Antes de deixar o cargo, o ex-ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, assinou o aditivo de prazo para a implantação e duplicação da nova estrada de acesso à praia de Pipa, em Tibau do Sul, cuja obra está parada. O ofício foi encaminhado ao governo do estado pelo secretário Nacional de Estruturação do Turismo do Ministério do Turismo, Neusvaldo Lima, nesta terça-feira (29).

O convênio no valor de R$18,9 milhões foi assinado pelo Ministério do Turismo e o Governo do Estado, em 2008. A obra encontra-se paralisada, em decorrência de problemas técnicos e administrativos, em âmbito local.

Na última semana, representantes do MTur se reuniram com o diretor geral do Departamento de Estradas e Rodagens - DER/RN, General Jorge Fraxe, para tratar do acompanhamento do convênio. Na ocasião, foram relatadas as dificuldades do governo estadual para reinício da obra.

O então ministro Henrique Eduardo Alves pediu atenção especial dos representantes para continuidade da obra da nova estrada de Pipa e deliberou pelo aditamento do convênio. A prorrogação de um ano no prazo leva em consideração que parte dos recursos da União já estão disponibilizados.

A retomada da obra depende, ainda, da assinatura e devolução do termo aditivo ao MTur para as demais providências.   
HENRIQUE ALVES PRORROGA PRAZO DA OBRA DA ESTRADA DE PIPA ANTES DE DEIXAR MINISTÉRIO DO TURISMO HENRIQUE ALVES PRORROGA PRAZO DA OBRA DA ESTRADA DE PIPA ANTES DE DEIXAR MINISTÉRIO DO TURISMO Reviewed by Erivan Justino on 29 março Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo