ALRN APROVA LEI EM HOMENAGEM A UNIVERSITÁRIA MORTA DURANTE ASSALTO



Deputados do Rio Grande do Norte aprovaram na última quarta-feira, 07, a Lei Karol Álvares em homenagem a estudante, de 19 anos, que foi morta com um tiro no peito durante assalto na avenida Itapetinga, zona Norte de Natal, em 2016. De autoria do deputado Albert Dickson (PROS), a lei institui o dia 20 de janeiro como o ‘Dia Estadual das Mães que sofrem da Síndrome dos Braços Vazios’ em razão da violência urbana.
Para Karla Álvares, mãe de Maria Karoline Álvares de Melo, a lei é um símbolo de resistência contra a violência urbana. “Esta lei é de extrema relevância, principalmente para as mulheres que são cobradas que sigam suas vidas, quando parte dela foi levada embora junto com a vida da sua filha”, afirmou ela.
O projeto dessa lei existe há alguns anos em Natal, mas as mães, que passaram pela mesma dor de Karla, vinham lutando para ter a aprovação na Câmara Municipal e na Assembleia Legislativa. “Precisamos buscar resolver o problema da violência que é o que mais incomoda nossa sociedade”, desabafou a mãe de Karol.
Durante reunião com Karla Álvares, a governadora do estado, Fátima Bezerra, prometeu dar o apoio necessário a essas mães. “Conversei com a governadora, ela disse que teria esse olhar mais humano sobre as mães”.
ALRN APROVA LEI EM HOMENAGEM A UNIVERSITÁRIA MORTA DURANTE ASSALTO ALRN APROVA LEI EM HOMENAGEM A UNIVERSITÁRIA MORTA DURANTE ASSALTO Reviewed by Francisco Erivan Justino on sexta-feira, agosto 09, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário: