SECRETARIA DE SAÚDE DE SERRINHA CONFIRMA CASO DE SARAMPO EM BEBÊ DE 4 MESES



A Secretaria Municipal de Saúde de Serrinha, no Agreste potiguar, confirmou que um bebê de quatro meses contraiu sarampo. O caso foi confirmado em nota publicada no site da prefeitura local.
Segundo a Semsa, a paciente deu entrada no hospital e oito dias após realizações de exames. Após o período, foi constatado que se tratava de mais um caso de sarampo no estado.
“A paciente, de 04 meses de idade, foi notificada como caso suspeito e posteriormente comprovado em laboratório com sorologia para IgM- reagente”, diz trecho da nota.
A criança é residente de um sítio em Maretas, distrito pertencente ao município de Serrinha. Conforme informado pela secretaria, o bloqueio vacinal já foi realizado, ou seja, todas as pessoas que tiveram contato com a pessoa infectada já foram vacinadas.

Confira íntegra da nota:

A Secretaria Municipal de Saúde de Serrinha vem tornar público a notificação de um caso confirmado de sarampo:

Na data de 16 de Agosto de 2019, foi recebido ligação do Hospital Regional Lindolfo Gomes Vidal, de um caso suspeito de Sarampo, paciente esta que reside na comunidade de Maretas. De imediato, a Secretaria Estadual de Saúde também entrou em contato com a Atenção Básica municipal para assim proceder com normas específicas. Tendo em vista a seriedade da transmissão e possíveis agravos, o Sarampo trata-se de uma doença de notificação compulsória imediata, por e-mail e/ou telefone para o setor responsável por doenças contagiosas.

A paciente, de 04 meses de idade, foi notificada como caso suspeito e posteriormente comprovado em laboratório com sorologia para IgM- reagente. Todas as medidas previstas em nota técnica e em protocolo foram tomadas em tempo hábil, desde o momento da notificação da suspeita, sendo estas, bloqueio vacinal em todas as pessoas que obtiveram contato a paciente em até 18 dias antes do início dos sintomas, abrangendo a segurança de tempo de incubação viral e sua virulência. Este bloqueio deve ser realizado em até 72 horas a partir da notificação, este realizado nas primeiras 24 h, garantindo a eficácia do bloqueio. Todos os pacientes que foram submetidos ao bloqueio estão sob observação por 30 dias, para possível detecção de algum sinal e sintoma suspeito. Estes estão registrados em nossa base de dados municipais como também na rede estadual, como participação e controle.


O bloqueio vacinal é seletivo, realizado por meio de entrevista, análise de caderneta de vacinas e diagnóstico de necessidade. Se o contato com o paciente suspeito e/ou confirmado apresentar registro vacinal para tríplice viral, este é registrado e observado, pois já se encontra imune. Os contatos sem comprovação vacinal, é submetido a realização do esquema de bloqueio e assim fornecido nova caderneta.

Diante de novos casos confirmados em todo o estado, a Secretaria Estadual de Saúde na data de 21 de Agosto de 2019, informou em nota técnica, que todas as crianças a partir de seis meses devem receber a vacina, a fim de paralisar a circulação do vírus. Estas medidas serão adotadas de imediato conforme a secretaria estadual de saúde libera o quantitativo de vacinas para os municípios.

Reforçamos, que a situação em todo o país é em caráter de grande observação e cuidados, sendo assim, todos os setores cabíveis estão mobilizados e de prontidão para efetivar ações de combate a circulação do Sarampo. Reforçamos também a importância da vacinação, visto que esta já faz parte do calendário anual de vacinas.


A Saúde municipal encontra-se disponível a todo e qualquer esclarecimento do caso e que todas as medidas estão sendo tomadas em conformidade com o Ministério da Saúde e Secretaria Estadual de Saúde, para fornecer segurança e tranquilidade aos nossos usuários do Sistema único de Saúde, garantindo assim a constituição Federal em seu Art. 196. A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.

Alessandra Amador da Silva
Enfermeira- Epidemiologia


Jailma Soares de Oliveira
Coordenadora de Imunização


Thayná Duarte de Souza Silva
Coordenadora da Atenção Básica em Saúde
SECRETARIA DE SAÚDE DE SERRINHA CONFIRMA CASO DE SARAMPO EM BEBÊ DE 4 MESES SECRETARIA DE SAÚDE DE SERRINHA CONFIRMA CASO DE SARAMPO EM BEBÊ DE 4 MESES Reviewed by Francisco Erivan Justino on quarta-feira, agosto 28, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário: