DF: POLÍCIA CIVIL E MINISTÉRIO PÚBLICO INVESTIGAM FRAUDES NA FUNAP

DivulgaçãoA Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) e o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) deflagraram, nesta sexta-feira (02/08/2019), a Operação Pecúlio. O objetivo é apurar suposta fraude cometida por ex-servidores comissionados da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap), durante a gestão de Rodrigo Rollemberg (PSB). Uma pessoa foi presa em flagrante.
Estão sendo cumpridos oito mandados de busca e apreensão em residências de funcionários que eram lotados no setor financeiro da Funap entre os anos de 2017 e 2018. Durante a ação, os policiais apreenderam uma arma de fogo, além de aparelhos telefônicos, eletrônicos e documentos.
A operação tem apoio do Núcleo de Controle e Fiscalização do Sistema Prisional (Nupri) do MPDFT. De acordo com os investigadores, as buscas são para recolher elementos que vão subsidiar as investigações em andamento. Segundo o MPDFT, nesta etapa, são apuradas fraudes na concessão e no repasse da parcela destinada à poupança para o preso durante a execução penal, denominada pela lei de regência como “pecúlio”.
Segundo informações do MP e da PCDF, a atual administração da Funap contribuiu com as investigações e apontou sério descontrole na execução dos pagamentos das bolsas de ressocialização dos presos vinculados à entidade, que exercem suas atividades laborais intra ou extramuros.
A operação é conduzida pela Divisão de Repressão à Corrupção e aos Crimes Contra a Administração Pública (Dicap/Cecor). Os promotores de Justiça do Nupri/MPDFT auxiliaram nas investigações, na interlocução com a Funap e análise de informações obtidas por meio de relatório de auditoria do TCDF.
Aguarde mais informações


DF: POLÍCIA CIVIL E MINISTÉRIO PÚBLICO INVESTIGAM FRAUDES NA FUNAP DF: POLÍCIA CIVIL E MINISTÉRIO PÚBLICO INVESTIGAM FRAUDES NA FUNAP Reviewed by Francisco Erivan Justino on 02 agosto Rating: 5

Nenhum comentário: