RAFAEL MOTTA FAZ DURAS CRÍTICAS À GESTÃO CARLOS EDUARDO

“Não é possível mais conviver com soluções capengas, verdadeiras gambiarras apresentadas como material de primeira”, diz Rafael Motta sobre gestão de Carlos Eduardo
O deputado federal Rafael Motta (PSB) subiu na tarde desta quinta-feira (7) a tribuna da Câmara dos Deputados, para falar sobre os principais problemas que a cidade de Natal enfrenta. O parlamentar criticou a gestão do prefeito Carlos Eduardo Alves principalmente na questão do atendimento dos postos de saúde e o Hospital Municipal que não atende à demanda, além da inauguração do Mercado das Rocas, que custou aos cofres públicos quase R$ 5 milhões, ao longo de oito anos de obras atrasadas.

Rafael Motta citou o projeto de lei de sua autoria, quando vereador de Natal, que proíbe a inauguração de obras públicas inacabadas. “Isso parece o óbvio, mas devido a uma prática já histórica dessa administração, a Lei se fez necessário, e infelizmente esta matéria ainda tramita na Câmara Municipal de Natal. Permitindo assim a inauguração de obras com pompa e que depois permanecem fechadas ao público, como o Mercado das Rocas. Ainda posso destacar obras paralisadas sem um desfecho que a entregue à população, como é o caso do viaduto do Baldo, interditado há anos e orçado em quase R$ 2 milhões, ressaltou o deputado durante o discurso.

Sobre a saúde o parlamentar disse que o Hospital Municipal entregue à população de Natal não atende à demanda existente em virtude do fechamento de outras unidades de saúde. “Por isso se faz necessária uma conversa sem reservas com a sociedade. Não é possível mais conviver com soluções capengas, verdadeiras gambiarras apresentadas como material de primeira. E para isso é preciso coragem para mostrar a realidade como ela realmente é”, falou Rafael Motta.

Na educação, Rafael Motta lembrou a greve dos professores da rede municipal que durou mais de 30 dias e prejudicou os alunos logo no início do ano letivo. Além disso, o deputado criticou o transporte público da capital e afirmou é preciso uma solução rápida.  “É urgente um caminho para a solução do transporte público em Natal e na sua região metropolitana, pois são 1,5 milhão de habitantes, dos quais 800 mil dependem desse serviço. O que temos hoje é uma indefinição com relação a uma política séria e transparente sobre o transporte público. Soluções caras e totalmente sem uso, como estações de transferência que não transferem ninguém. Um total desrespeito com o usuário, que é obrigado a enfrentar sol e chuva sem o abrigo decente nas paradas de ônibus. Sem falar na falta de soluções criativas para melhorar a vida dos passageiros, como aplicativos com horários para consulta online”, destacou.

Ao finalizar o seu discurso, o deputado Rafael Motta afirmou que a administração pública em Natal precisa se reinventar. Precisa se adequar aos modelos mais modernos, dinâmicos e eficientes, para poder proporcionar, a todos os seus cidadãos, mais qualidade de vida, melhores e maiores oportunidades de crescimento. “ As novas gerações não podem continuar a mercê de um progresso superficial e refém de oportunidades rasteiras. Afinal, estamos rompendo a metade da segunda década do século vinte e um. E para tanto, se faz necessária à gestão pública, a implementação de novos e integrados modelos e caminhos de planejamento e gestão”, finalizou o deputado.
RAFAEL MOTTA FAZ DURAS CRÍTICAS À GESTÃO CARLOS EDUARDO RAFAEL MOTTA FAZ DURAS CRÍTICAS À GESTÃO CARLOS EDUARDO Reviewed by Erivan Justino on 07 abril Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo