OPOSICIONISTA EM SANTA CRUZ, JEAN-PAUL QUER SUSPENDER DECRETO QUE LIBERA POSSE DE ARMAS NO BRASIL

Jean-Paul quer suspender decreto que libera posse de armas no Brasil
A bancada do PT no Senado apresentou cinco projetos que definem as prioridades da neste início de legislatura. As propostas são assinadas pelo seis senadores: o líder Humberto Costa (PT-PE), Jaques Wagner (PT-BA), Jean Paul Prates (PT-RN), Paulo Paim (PT-RS), Paulo Rocha (PT-PA) e Rogério Carvalho (PT-SE). Os projetos tratam da retomada da política de valorização do salário mínimo, da isenção de Imposto de Renda para quem ganha até cinco salários mínimos, a tributação dos lucros de grandes empresários, ampliação da tributação dos bancos, restabelecimento das restrições à posse de armas de fogo e do direito dos cidadãos a conhecerem gastos e decisões do governo.
“São projetos que consideramos prioritários e vamos promover amplas discussões porque representam a defesa da cidadania e dos direitos das camadas mais vulneráveis do povo brasileiro”, diz Jean Paul. 
Sobre o decreto que susta a liberação da posse de armas de fogo no Brasil, decisão tomada pelo povo brasileiro em referendo realizado em 2005, Jean-Paul diz que "não é possível facilitar a posse de armas quando o país registra uma das dez maiores taxas de homicídios do mundo, com a morte de 65 mil pessoas por ano”, questiona Jean Paul.
OPOSICIONISTA EM SANTA CRUZ, JEAN-PAUL QUER SUSPENDER DECRETO QUE LIBERA POSSE DE ARMAS NO BRASIL OPOSICIONISTA EM SANTA CRUZ, JEAN-PAUL QUER SUSPENDER DECRETO QUE LIBERA POSSE DE ARMAS NO BRASIL Reviewed by Francisco Erivan Justino on 08 fevereiro Rating: 5

Nenhum comentário: