RN TEM 132 CASOS DE HANSENÍASE NOTIFICADOS

Resultado de imagem para HANSENIASE NO RN
A hanseníase é uma doença milenar conhecida por lepra desde os tempos bíblicos que traz consigo a marca do preconceito, discriminação e exclusão social. É uma doença de notificação compulsória e investigação obrigatória, devendo-se monitorar o progresso da eliminação da doença que ainda é considerada um problema de saúde pública. No Rio Grande do Norte, desde 2005, através da Lei Nº 8.685, foi instituído o dia 30 de setembro como “Dia Estadual de Controle à Hanseníase”.
“A Hanseníase tem cura, o tratamento é gratuito e é necessário reduzir o preconceito com relação à doença, os pacientes não precisam ser isolados socialmente e devem continuar suas atividades laborais e de vida diária normalmente”, disse Paulo Nóbrega, coordenador estadual do Programa de Controle da Hanseníase.
Os principais sintomas da doença são manchas na pele nas cores brancas, vermelhas ou marrons e também dormentes, ou seja, sem sensibilidade ao toque e a dor. Neste caso, a pessoa deve procurar uma unidade básica de saúde para diagnóstico. O tratamento é gratuito, e dura de 06 meses a 01 ano, dependendo da gravidade do caso.
No Estado, só em 2017, já foram notificados 132 casos, sendo os municípios das regiões de Mossoró e Metropolitana, responsáveis por 49 e 25 casos, respectivamente. Os municípios precisam estar atentos para detectar e tratar precocemente os casos novos, para interromper a cadeia de transmissão e prevenir as incapacidades físicas consequência da doença não tratada.
RN TEM 132 CASOS DE HANSENÍASE NOTIFICADOS RN TEM 132 CASOS DE HANSENÍASE NOTIFICADOS Reviewed by Erivan Justino on 02 outubro Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo