APÓS CRÍTICAS, TEMER DECIDE RECRIAR MINISTÉRIO DA CULTURA

Após uma série de críticas de setores da sociedade e da classe artística, o Ministério da Cultura será recriado. A decisão do presidente interino Michel Temer foi confirmada pelo ministro da Educação, Mendonça Filho. 

O ministro da pasta será Marcelo Calero, que já havia sido escolhido para chefiar a área de cultura quando ainda se pensava nela como uma secretaria vinculada ao Ministério da Educação (MEC). 

A medida provisória que trata da recriação da pasta será publicada no Diário Oficial da União de segunda-feira (23). A posse de Calero está prevista para terça-feira (23). 

A decisão foi tomada após uma conversa de Temer com Mendonça Filho. O presidente expôs sua vontade de recriar a pasta recém-extinta e pediu a opinião do ministro. Mendonça Filho, então, concordou. “É um gesto no sentido de serenar os ânimos e focar no objetivo maior: a cultura brasileira”, disse o ministro, em nota divulgada hoje (21) pelo MEC no Facebook.
APÓS CRÍTICAS, TEMER DECIDE RECRIAR MINISTÉRIO DA CULTURA APÓS CRÍTICAS, TEMER DECIDE RECRIAR MINISTÉRIO DA CULTURA Reviewed by Erivan Justino on 21 maio Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo