ESCOLA DE SUZANO RECEBE MAIS HOMENAGENS E ATO ECUMÊNICO UMA SEMANA APÓS MASSACRE



Uma semana após o massacre na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, alunos de outras escolas e até outras cidades continuam a prestar homenagens às vítimas. Nesta quarta-feira (20), alguns alunos levaram cartazes com mensagens de apoio, outros cantam ou distribuem flores e abraços.

O colégio foi reaberto nesta segunda-feira (18). Ao longo da semana, funcionários, estudantes e seus familiares têm sido recebidos com atendimentos especializados, rodas de conversa e atividades esportivas e artísticas.

Nesta quarta, as ações de acolhimento continuaram com um ato ecumênico, organizado pela Secretaria Estadual da Educação. A cerimônia ocorreu nesta manhã na quadra da escola e reuniu representantes de pelo menos cinco religiões. Também participaram o secretário estadual de Educação, Rossieli Soares da Silva, e o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi.

Logo após ato ecumênico, por volta das 11h20, professores, servidores, estudantes, familiares e voluntários fizeram um abraço coletivo em torno do prédio e deram uma salva de palmas. Os muros estão repletos de mensagens e flores.

Um grupo de Poá, com 30 alunos, chegou cedo à Raul Brasil. A estudante Maria Alice Costa Santos, de 15 anos, cantou louvores na rua. Ela não conhecia as vítimas.

"Nós somos todos irmãos. Nós sentimos a dor do outro. É muito forte para nós, porque nós viemos aqui em solidariedade, sentir a presença de todos que estavam aqui", diz Maria.

Para a jovem, as vítimas do massacre tinham a missão de ensinar quem fica. "Eles nos deram uma lição, que é aproveitar o hoje com quem a gente ama. Deixar o orgulho de lado, as mágoas de lado, para nós sentirmos o amor que é estar um com outro", diz entre lágrimas.


ESCOLA DE SUZANO RECEBE MAIS HOMENAGENS E ATO ECUMÊNICO UMA SEMANA APÓS MASSACRE ESCOLA DE SUZANO RECEBE MAIS HOMENAGENS E ATO ECUMÊNICO UMA SEMANA APÓS MASSACRE Reviewed by Francisco Erivan Justino on 20 março Rating: 5

Nenhum comentário:

Romário Bispo