COLISÃO ENTRE TRENS DEIXA 9 FERIDOS NO RIO, E RESGATE DE MAQUINISTA JÁ DURA MAIS DE 7 HORAS



Nove pessoas ficaram feridas em um acidente envolvendo dois trens que colidiram na altura da Estação São Cristóvão da SuperVia, na Zona Norte do Rio, às 6h55 desta quarta-feira (27). Entre os feridos, sete já foram liberados, um está hospitalizado, e o maquinistas de uma das composições segue preso às ferragens mais de 7 horas após a batida.

Com auxílio dos bombeiros, o condutor, que não teve a identidade revelada, respira com a ajuda de um tubo de oxigênio e recebeu soro e bolsas de sangue. Segundo a corporação, ele está lúcido e conversa com a equipe de resgate. Uma maca foi posicionada no local para uma possível retirada do ferido.

Ao menos 12 bombeiros, de três quartéis, trabalham na operação. Segundo a corporação, eles estão divididos duas frentes de trabalho: uma equipe, por dentro da composição, realiza afastamento das ferragens por meio de desencarceradores hidráulicos; outra, do lado externo, faz cortes nas ferragens com auxílio de aparelho de maçarico.

"O trabalho é lento, meticuloso e exige perícia técnica dos militares envolvidos. A prioridade é o suporte à vida da vítima", diz a nota enviada pelo Corpo de Bombeiros.

Todos os oito feridos foram hospitalizados. Segundo o Corpo de Bombeiros, todos foram classificados, após avaliação, como "verdes", ou seja, sem risco de morte.

Sete vítimas com traumas leves foram levadas para o Hospital Municipal Souza Aguiar, e já receberam alta. Outro paciente, com quadro estável, seguia, por volta das 12h30, em atendimento no Hospital Municipal Salgado Filho.

Uma dos feridos liberados é o encanador Sandro Ricardo Moreira, morador de Duque de Caxias, que estava indo para Cascadura e teve uma luxação no joelho esquerdo durante a colisão do trem. Sandro contou que a composição ficou parada por dez minutos antes do impacto.

Investigação
Em nota, a concessionária informou que uma sindicância foi instaurada para apurar as causas do choque.

A Agetransp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro) informou, em nota, que está investigando as circunstâncias do acidente.

"Equipes técnicas foram enviadas à estação para fazer o levantando do local do acidente. Além das causas da colisão, também serão objeto de análise pela agência reguladora a adequação do atendimento prestado aos usuários pela concessionária SuperVia e dos procedimentos adotados para o restabelecimento da normalidade na operação comercial dos trens. A concessionária poderá ser multada", afirmou a nota.




COLISÃO ENTRE TRENS DEIXA 9 FERIDOS NO RIO, E RESGATE DE MAQUINISTA JÁ DURA MAIS DE 7 HORAS COLISÃO ENTRE TRENS DEIXA 9 FERIDOS NO RIO, E RESGATE DE MAQUINISTA JÁ DURA MAIS DE 7 HORAS Reviewed by Francisco Erivan Justino on 27 fevereiro Rating: 5

Nenhum comentário:

Romário Bispo