CANDIDATOS AO GOVERNO APONTAM AÇÕES DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA AS MULHERES

Resultado de imagem para CANDIDATOS AO GOVERNO RN
O Rio Grande do Norte é o estado brasileiro com a maior proporção de feminicídios do País, segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Em 2017, o Tribunal de Justiça do Estado registrou 8,4 mil casos de violência doméstica contra as mulheres. Diante desse cenário, surge a necessidade de implantação de políticas públicas voltadas para as mulheres. A maioria dos candidatos ao Governo apostam em investimentos em delegacias especializadas para solucionar o problema.
Fátima Bezerra (PT), única mulher candidata ao Governo do RN, propõe iniciativas que garantam a autonomia econômica das mulheres e o empenho no cumprimento da Lei Maria da Penha. “Nós temos o compromisso implementar uma rede de proteção à vida das mulheres, recuperar e ampliar o número de delegacias de atendimento e a construção de Casas Abrigo”, completou.
Carlos Eduardo Alves (PDT) propõe a implementação de delegacias regionais especializadas no atendimento de mulheres em cidades polos do RN, a garantia de direitos das mulheres em situação de violência e a criação de Casas Abrigo nas áreas de maior incidência da violência doméstica.
Robinson Faria (PSD) propõe o desenvolvimento de um aplicativo para denúncias e orientações e a criação de mais delegacias da mulher.
Entre as propostas de Brenno Queiroga (Solidariedade), estão a qualificação e inserção das mulheres no mercado de trabalho e o reconhecimento da violência de gênero. “Nós pretendemos criar também um protocolo de atendimento específico para casos de violência contra a mulher. Um plano transversal, que atinja todos as secretarias do estado”, completou o candidato.

Já Carlos Alberto (PSOL) aposta na educação para solucionar o problema. “O feminicídio é um problema grave que vem de uma cultura machista arraigada na sociedade. Isso só pode ser transformado, à longo prazo, através da educação. Mas agora, é necessário investir nas delegacias especializadas e na polícia feminina”, afirmou.
O candidato Heró Bezerra (PRTB) propõe a criação de um Centro de Referência da Mulher com atendimento psicológico e jurídico para dar suporte a mulheres que passaram por situação de violência e a capacitação dos profissionais envolvidos nesse atendimento. Dário Barbosa (PSTU) defende a construção de creches gratuitas e em tempo integral e a criação de uma Secretaria Estadual dos direitos das mulheres.
Freitas Jr (Rede) não apresenta propostas nesse âmbito em seu plano de governo.
CANDIDATOS AO GOVERNO APONTAM AÇÕES DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA AS MULHERES CANDIDATOS AO GOVERNO APONTAM AÇÕES DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA AS MULHERES Reviewed by Erivan Justino on 17 setembro Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo