ALUNOS DE MEDICINA DO CURSO MULTICAMPI DA UFRN ENCERRAM MÓDULO DE VIVÊNCIA EM SANTA CRUZ E ELOGIAM ATENÇÃO BÁSICA DO MUNICÍPIO

ALUNOS-MEDICINA-003
Encerrado o módulo de Vivência Integrada na Comunidade, alunos do curso de medicina da Escola Multicampi de Ciências Médicas (EMCM), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), tiveram nesta segunda-feira (18) um encontro com representantes da Prefeitura de Santa Cruz para avaliar o período em que estiveram utilizando a estrutura da atenção básica e demais serviços de saúde do município para o desenvolvimento das atividades que fazem parte do processo de formação acadêmica. Não faltaram elogios para a estrutura santa-cruzense.
Realizando atividades em Santa Cruz desde 2015, Júlio César Duarte, estudante do 8º período do curso de medicina, ao relatar experiências vivenciadas no município, fez questão de destacar o empenho dos profissionais e a execução de forma eficiente dos programas de saúde voltadas para a população.
Júlio César, que também já desenvolveu atividades acadêmicas em Caicó e Currais Novos, municípios que também integram a estrutura do curso multicampi da UFRN, destacou a eficiência da atenção básica de Santa Cruz. "O que eu tenho a dizer daqui é o quanto a atenção básica é bem forte. A gente ver, mesmo com as dificuldades que a gente encontra no caminho, acho que, de maneira geral, ela funciona", afirmou.
André Matheus de Souza, também do 8º período do curso de medicina, escolheu Santa Cruz como módulo de vivência, a principio, pela proximidade de Natal, onde reside, mas afirmou que se surpreendeu com o que encontrou na capital do Trairi. "Me surpreendi bastante pela qualidade do serviço de saúde aqui oferecido. Dá pra ver que tudo funciona de maneira bem harmoniosa. Um modelo a ser seguido", ressaltou.
Ao longo dos últimos três anos e meio, um mês por cada semestre, os alunos do curso de medicina puderam conviver com a rotina diária dos serviços que são oferecidos para a população santa-cruzense, vivenciando o dia a dia nas Unidades Básicas de Saúde (UBS's) e também perpassando por outros serviços da rede de saúde, como CAPS, CER e HORAB e da rede de assistência social, como CREAS e CRAS.
Para a secretária municipal de Saúde de Santa Cruz, Myllena Ferreira, poder contribuir com estrutura da rede de saúde do município para ajudar na formação de futuros profissionais é muito gratificante. "Esse é um modelo de formação importante e inovador, que possibilita que os estudantes de medicina vivenciem situações práticas dentro da realidade dos serviços públicos de saúde, desde o início do curso. O que possibilita a formação de um médico mais ciente e interessado pela realidade social e de saúde da população do interior. E saber que a Prefeitura de Santa Cruz tem dado uma importante contribuição para formar esses futuros médicos, é muito gratificante para todos que fazem a gestão da Saúde no nosso município", disse.
A prefeita de Santa Cruz, Fernanda Costa, que também é médica, falou do sentimento em poder contribuir na formação de novos profissionais e pelo reconhecimento aos serviços prestados à população. "Como gestora, é muito gratificante ter o reconhecimento aos nossos serviços em saúde, uma área que recebe uma atenção muito especial de nossa administração. Como médica, sei o que representa essa fase do curso de medicina para esses estudantes, o quão é importante essa vivência para esses alunos. Poder contribuir com essa formação e ter esse retorno positivo nos deixa muito felizes e com a certeza de que estamos no caminho certo", concluiu.
ALUNOS DE MEDICINA DO CURSO MULTICAMPI DA UFRN ENCERRAM MÓDULO DE VIVÊNCIA EM SANTA CRUZ E ELOGIAM ATENÇÃO BÁSICA DO MUNICÍPIO ALUNOS DE MEDICINA DO CURSO MULTICAMPI DA UFRN ENCERRAM MÓDULO DE VIVÊNCIA EM SANTA CRUZ E ELOGIAM ATENÇÃO BÁSICA DO MUNICÍPIO Reviewed by Erivan Justino on 21 junho Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo