A TRÊS SEMANAS DO FIM DO PRAZO, AO MENOS 9 MINISTROS PLANEJAM DEIXAR CARGOS PARA DISPUTAR ELEIÇÕES

Resultado de imagem para ELEIÇÕES 2018
A três semanas do fim do prazo previsto em lei, ao menos nove ministros do governo Michel Temer planejam deixar os cargos para disputar as eleições deste ano (veja a lista mais abaixo e saiba como está a definição dos sucessores nos ministérios).
Outros dois ministros ainda não decidiram se vão deixar os cargos (mas podem sair); cinco já disseram que permanecerão no governo; e dois não responderam ao questionamento do G1.
Nesta semana, o G1 consultou todas as pastas cujos ministros são políticos ou têm mandato parlamentar.
Por lei, os ministros que quiserem se candidatar na eleição de outubro precisam deixar os cargos seis meses antes do pleito, prazo que neste ano terminará em 7 de abril.
Lista
Saiba abaixo os ministros que, segundo as assessorias, planejam deixar os cargos até o mês que vem:
Marx Beltrão (MDB-AL): Turismo
Ricardo Barros (PP-PR): Saúde
Sarney Filho (PV-MA): Meio Ambiente
Fernando Coelho Filho (sem partido-PE): Minas e Energia
Maurício Quintella (PR-AL): Transportes
Leonardo Picciani (MDB-RJ): Esporte
Osmar Terra (MDB-RS): Desenvolvimento Social
Mendonça Filho (DEM-PE): Educação
Helder Barbalho (MDB-PA): Integração Nacional

Abaixo, a lista dos ministros que, segundo as assessorias, ainda estão em dúvida:
Henrique Meirelles (PSD-SP): Fazenda
Gilberto Kassab (PSD-SP): Ciência, Tecnologia e Comunicações
A TRÊS SEMANAS DO FIM DO PRAZO, AO MENOS 9 MINISTROS PLANEJAM DEIXAR CARGOS PARA DISPUTAR ELEIÇÕES A TRÊS SEMANAS DO FIM DO PRAZO, AO MENOS 9 MINISTROS PLANEJAM DEIXAR CARGOS PARA DISPUTAR ELEIÇÕES Reviewed by Erivan Justino on 19 março Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo