PRF REGISTRA QUASE 2 MIL INFRAÇÕES DE TRÂNSITO NO RN DURANTE O CARNAVAL


A Polícia Rodoviária Federal encerrou, na meia-noite de quarta-feira de cinzas (14/2), a Operação Carnaval 2018. Durante o período do carnaval, a fiscalização e o policiamento nas rodovias federais contou com efetivo extra. Policiais que trabalham administrativamente foram remanejados para compor equipes operacionais.
Durante a operação foram fiscalizados 4.570 veículos e 5.167 pessoas. Dos 1.752 motoristas submetidos ao teste de etilômetro, 66 foram autuados. Também foram registradas 1.928 infrações diversas, sendo 296 só por ultrapassagens proibidas. Trinta e oito pessoas foram presas, sendo oito por embriaguez e 30 por outros crimes. 1.010 veículos tiveram as imagens capturadas por transitarem em excesso de velocidade.
No tocante a falta do uso do cinto de segurança, 57 autuações foram lavradas, sendo a grande maioria motivada pelos passageiros. Outros 15 motoristas foram notificados por transportarem crianças até sete anos e meio de idade, sem os dispositivos de segurança (cadeirinhas). 53 motociclistas também foram autuados por não uso do capacete de segurança.

ACIDENTES
Na operação Carnaval 2018, foram registrados nas sete rodovias federais no RN, um total de 27 acidentes, que resultou em 35 pessoas feridas e duas mortes. No carnaval do ano passado, foram registrados 28 acidentes, 28 feridos e cinco mortes. Comparando-se as duas operações, verifica-se redução significativa no número de mortes.
AÇÕES PREVENTIVAS
Durante a operação, a PRF realizou ações educativas com o objetivo de sensibilizar motoristas e passageiros em viagem durante o feriadão para os cuidados com a segurança do trânsito. Um total de 740 pessoas foram sensibilizadas através da ação do Cinema Rodoviário e abordagens educativas em unidades operacionais da PRF.
PRF REGISTRA QUASE 2 MIL INFRAÇÕES DE TRÂNSITO NO RN DURANTE O CARNAVAL PRF REGISTRA QUASE 2 MIL INFRAÇÕES DE TRÂNSITO NO RN DURANTE O CARNAVAL Reviewed by Erivan Justino on 15 fevereiro Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo