[VÍDEO] QUINTO MILITAR MORTO “TROPA ESTÁ REVOLTADA E COISAS ACONTECERÃO EM BREVE”, AVISA OFICIAL



A morte do cabo da Polícia Militar, Darlan Santana Carvalho, 40 anos, ocorrida na tarde desta segunda-feira, após tentativa de assalto, por volta das 11 horas, no bairro Planalto, na zona Oeste de Natal, “provocou muita comoção e revolta na tropa”, disse o tenente-coronel PM, Eduardo Franco – responsável pela Comunicação Social da corporação.
Coronel Eduardo Franco comentou também que a Polícia Militar do Rio Grande do Norte está enlutada com as mortes dos três militares, ocorridas nas últimas 72 horas, em Natal e Região Metropolitana.
Somente este ano já foram registrados pelo menos cinco assassinatos contra PMs (três sargentos e dois cabos). Em 2017 foram 20 policiais mortos por criminosos, dos quais, 17 eram militares.
Diante da situação, o comandante-geral da PM, coronel Osmar Oliveira, está reunido com o Setor de Inteligência da corporação para traçar novas estratégias contra o crime. Uma coletiva de imprensa está marcada para esta terça-feira, às 8h30.
Franco não quis entrar em detalhes sobre as estratégias da Segurança Pública para a proteção dos policiais, alegando que não tinha autorização do Comando Geral, mas revelou que “coisas acontecerão em breve” – sem especificar quais medidas serão efetivamente tomadas.

A reportagem do jornal Agora RN tentou contato com o presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do RN, Eliabe Marques, mas até o fechamento desta edição, ele participava de uma assembleia na entidade.
Em nota, a Associação dos Oficiais Militares do RN emitiu a seguinte mensagem nas redes sociais:
DARLAN SANTANA CARVALHO
Esse é o nome do quinto Militar do Rio Grande do Norte assassinado em janeiro de 2018 na região metropolitana de Natal.
Na defesa da sociedade potiguar, o Sd Darlan, mesmo acompanhado de seu filho de sete anos e com um outro recém nascido que está internado em uma UTI neonatal, não pensou duas vezes em agir contra os predadores da paz pública. Sua ação foi quase perfeita. Infelizmente teve que cumprir o juramento que somente nós, os militares, fazemo-lo, que é entregar a nossa vida em defesa da sociedade.
Darlan, a vingança não pertence a nós. Dificilmente, setores da sociedade vão reagir a mais esse ato cruel, mas descanse em paz. Não abandonaremos a sua família. Muito obrigado por tudo o que fizeste em vida.
PERFIL – O cabo Darlan Santana Carvalho era natural de Morro do Chapéu (BA), estava há 12 anos na PM e ultimamente exercia funções no Centro de Formação e Aperfeiçoamento da Polícia Militar (CFAPM). Ele deixa mulher e três filhos. O velório do policial está previsto para acontecer na manhã desta terça-feira. O corpo dele será trasladado para o estado da Bahia, onde será sepultado. “Era um profissional competente. Serviu no Exército e era armeiro no CFAPM. Uma pessoa querida na corporação”, lamentou Eduardo Franco.
Darlan teve morte cerebral confirmada na tarde de hoje, no hospital Walfredo Gurgel. Ele foi submetido a uma cirurgia, após ser alvejado por bandidos nas costas e cabeça. O PM utilizava um caixa 24 horas, dentro de uma farmácia na rua Miramangue, quando um trio tentou assaltar o estabelecimento. Durante a ação criminosa, o cabo revidou e foi baleado. Um bandido morreu, um fugiu e o outro foi preso minutos depois com um tiro de raspão na cabeça (Lucas Felipe).


[VÍDEO] QUINTO MILITAR MORTO “TROPA ESTÁ REVOLTADA E COISAS ACONTECERÃO EM BREVE”, AVISA OFICIAL [VÍDEO] QUINTO MILITAR MORTO “TROPA ESTÁ REVOLTADA E COISAS ACONTECERÃO EM BREVE”, AVISA OFICIAL Reviewed by Erivan Justino on 30 janeiro Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo