BRASILEIRO É ALVO DE UMA TENTATIVA DE FRAUDE A CADA 16 SEGUNDOS, DIZ PESQUISA



Segundo a Serasa Experian, setores de telefonia, serviços, bancos e varejo foram os mais visados pelos criminosos entre janeiro e setembro de 2017

Os brasileiros são grandes alvos de criminosos em diversas situações do dia. De acordo com o Indicador Serasa Experian de Tentativas de Fraude, o País registrou 1,478 milhão de tentativas entre janeiro e setembro deste ano. O número indica um crescimento de 10,7% em relação a igual período de 2016 e equivale a uma tentativa de fraude a cada 16 segundos. Apenas em setembro, o indicador registrou 170.595 tentativas, resultado 18% maior que no mesmo período do ano passado.

Segundo o levantamento, a base das tentativas de fraude realizadas pelos criminosos está no roubo de informações pessoais. No acumulado para o ano, o segmento de telefonia foi o mais afetado, sendo responsável por 565.551 tentativas de fraude realizadas (ou 38,3% do total). Nesse tipo de golpe, os dados dos consumidores são usados para criar uma nova conta de celular ou para comprar aparelhos, por exemplo.

O setor é considerado uma "porta de entrada" para os fraudadores. Quando a tentativa neste segmento dá certo, é um sinal para aplicar golpes de maior valor em outros setores. Ao comprar um telefone, por exemplo, os golpistas conseguem um comprovante de residência, o que lhes permite abrir uma conta em banco para ter acesso a cartões de crédito, talões de cheques e empréstimos no nome da vítima.
No segundo lugar, o setor de serviços responde por 30,6% do total de tentativas fraudulentas. O segmento apresentou 451.777 registros entre janeiro e setembro deste ano. Em seguida, estão os bancos e as financeiras, com 23,4% de participação e 346.372 tentativas registradas no mesmo período. O quarto setor mais afetado é o varejo, com 6,2% de participação e 90.938 tentativas.
Para economistas da Serasa Experian, o aquecimento do mercado de crédito pode incentivar os golpistas. Segundo o Indicador Serasa Experian de Demanda do Consumidor por Crédito, a busca por crédito cresceu 6,2% em setembro na comparação com o mesmo período do ano passado. O cenário de maior fluxo de compras costuma ser considerado um ambiente propício para os criminosos, já que podem passar mais facilmente despercebidos.

Entre as principais tentativas de golpe, estão a compra de celulares, a abertura de contas bancárias e até mesmo a compra de automóveis a partir de documentos falsos ou roubados. Em alguns casos, os criminosos chegam a utilizar os dados roubados para abrir empresas, que servem de fachada para a aplicação de outros golpes.
Como se proteger de fraudes na Black Friday
A fraude de identidade ocorre quando os dados pessoais são utilizados por terceiros para firmar negócios ou conseguir crédito sem a intenção de honrar os pagamentos. Segundo a Serasa, a perda de um documento pode dobrar a probabilidade de o consumidor ser vítima de um golpe. Com a proximidade de datas como a Black Friday, é preciso ter uma atenção ainda maior, principalmente, em sites que você não costuma comprar.
Pensando em ajudar os consumidores, os especialistas da Serasa separaram algumas dicas para aproveitar a data com mais segurança. O primeiro passo para se manter em segurança durante compras na internet é confirmar que a página visitada é realmente segura. Antes de inserir seus dados ou efetuar uma nova compra, veja se o site conta com um certificado de segurança , que criptografa os dados enviados.
Para isso, basta verificar se a barra de endereços do seu navegador exibe "https", no início da URL. Em alguns casos, para destacar a segurança, a barra fica verde ou exibe um ícone de cadeado. Outra dica e confirmar que o antivírus usado em seu computador está atualizado. Caso ele estiver em dia, você diminui os riscos de ter seus dados roubados por espiões.
Os especialistas da Serasa também indicam atenção com as ofertas recebidas por e-mail e pelas redes sociais. Em datas que registram uma movimentação maior em lojas, é comum receber mensagens que pedem para clicar em uma oferta. No entanto, é preciso se atentar para a possibilidade de ser uma tentativa de roubo de dados para serem usados em fraudes. Na dúvida, entre diretamente no site da loja virtual e verifique se a oferta realmente existe.
Outra recomendação para evitar ser vítima de uma fraude é tomar cuidado ao se conectar antes de efetuar a compra. Ao realizar transações financeiras em smartphones, tablets ou notebooks, evite usar uma rede Wi-Fi aberta, isto é, que não exige senha. Depois das compras, saia de sua conta da loja, principalmente em computadores usados por mais de uma pessoa. Isso evita que seus dados sejam acessados por terceiros.
Fonte: Brasil Econômico 
BRASILEIRO É ALVO DE UMA TENTATIVA DE FRAUDE A CADA 16 SEGUNDOS, DIZ PESQUISA BRASILEIRO É ALVO DE UMA TENTATIVA DE FRAUDE A CADA 16 SEGUNDOS, DIZ PESQUISA Reviewed by Erivan Justino on 23 novembro Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo