MORRE JOVEM QUE FOI QUEIMADO DURANTE PROTESTO DA OPOSIÇÃO NA VENEZUELA


jovem queimado venezuela
Um jovem que foi esfaqueado e queimado por supostos manifestantes opositores ao governo da Venezuela em 20 de maio em Caracas morreu na madrugada deste domingo 4, informou a Procuradoria venezuelana.
Orlando Figuera, de 22 anos, morreu no hospital onde estava recebendo tratamento para as graves queimaduras que sofreu durante o ataque, indicou a Procuradoria no Twitter, apontando que continua investigando o caso.
Com a morte de Figuera, sobe para 65 o número de pessoas que morreram durante as manifestações da oposição contra o presidente Nicolás Maduro, que começaram em 1 de abril.
“Acaba de falecer de parada cardiorrespiratória o jovem Orlando Figuera, esfaqueado e queimado em vida por mentes doentes de ódio em Altamira (leste de Caracas)”, escreveu o ministro da Comunicação, Ernesto Villegas, também no Twitter.
Maduro disse que Figuera foi atacado depois de que algumas pessoas gritaram que ele era chavista e que estava roubando no meio da manifestação. “Nunca tínhamos visto aqui uma pessoa ser incendiada como fazem terroristas do Estado Islâmico”, afirmou o presidente, e mostrou um vídeo do incidente, onde se vê o jovem seminu e em chamas enquanto corre em busca de ajuda.
MORRE JOVEM QUE FOI QUEIMADO DURANTE PROTESTO DA OPOSIÇÃO NA VENEZUELA MORRE JOVEM QUE FOI QUEIMADO DURANTE PROTESTO DA OPOSIÇÃO NA VENEZUELA Reviewed by Erivan Justino on 05 junho Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo