PAPA ABRAÇA LUCAS, A CRIANÇA QUE TERIA SIDO CURADA APÓS MILAGRE DE FÁTIMA


A criança brasileira curada por intercessão dos pastorinhos Francisco e Jacinta Marto, canonizados esta manhã na Cova da Iria, esteve entre os milhares de fiéis que assistiram à missa celebrada pelo Papa Francisco. Este “milagre” foi reconhecido pelo Vaticano e está na base da canonização dos dois pastorinhos.

Na quinta-feira, o pai de Lucas, João Batista, contou emocionado a história da cura do filho. Lucas caiu de uma janela de seis metros e meio de altura, quando brincava com a irmã Maria Eduarda. “Bateu com a cabeça no chão e fez um traumatismo craniano muito grave, com perda de tecido cerebral”. Os médicos não acreditavam na cura do menino, certos de que, mesmo que sobrevivesse, ficaria em estado vegetativo ou com graves deficiências cognitivas, revelou.
Os pais acreditam que a fé de uma irmã Carmelita nos pastorinhos Jacinta e Francisco foi determinante. Ao saber da história de Lucas, “correu para as relíquias dos beatos Francisco e Jacinta, que estavam junto do Sacrário e sentiu esse impulso de oração: “Pastorinhos, salvem este menino, que é uma criança como vocês”. Conseguiu convencer toda a comunidade a rezar apenas com a intercessão dos pastorinhos. Assim fizeram”, relata o pai.
Treze dias depois, Lucas teve alta do hospital e é hoje um menino normal, tal como “antes do acidente. A sua inteligência e caráter são iguais”.
 Fonte: JN/PT
PAPA ABRAÇA LUCAS, A CRIANÇA QUE TERIA SIDO CURADA APÓS MILAGRE DE FÁTIMA PAPA ABRAÇA LUCAS, A CRIANÇA QUE TERIA SIDO CURADA APÓS MILAGRE DE FÁTIMA Reviewed by Erivan Justino on 15 maio Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo