PREÇO DO FEIJÃO CAI EM QUASE TODAS AS CAPITAIS NORDESTINAS

1

Grande vilão do orçamento doméstico no ano passado, o feijão apresentou a variação negativa mais relevante na Região Nordeste, entre os 13 itens que compõem a cesta básica. Em março, o preço do grão caiu e está mais barato em quase todas as capitais nordestinas, à exceção de Aracaju (+1,5%) e Salvador (+0,2%). A maior redução ocorreu em Maceió (-35%).
Na Região, a queda acumulada nos últimos nove meses já é de 56%, número que contrasta com o aumento de 154,9% no período de dezembro de 2015 a julho de 2016.
As informações estão no Boletim Diário Econômico, publicação do Escritório técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão vinculado ao Banco do Nordeste. O documento analisa dados do Dieese.
Cesta Básica
Nos primeiros três meses do ano, o Nordeste mantém o maior crescimento no custo da cesta básica. A variação acumulada no ano (+3,9%) e nos últimos 12 meses também é maior na Região do que nas outras partes do país.
Na capital potiguar, o consumidor deve dispor de R$ 364,12 para adquirir os 13 itens. O montante é abaixo do valor da cesta regional (R$ 371,34).
As maiores altas foram registradas em Teresina (+3,9%), Natal (+3,5), Recife (+3,5%), São Luis (+2,8%) e João Pessoa (+2,6%). A única retração ocorrida na Região foi em Maceió (-0,5%).
Segundo a pesquisa, o ritmo continua desfavorável às famílias mais pobres, que sentem mais o peso dos alimentos no orçamento doméstico. Os autores também ressaltam que o problema é ainda mais evidente no Nordeste, pois a Região apresenta os maiores índices de pobreza do país.
PREÇO DO FEIJÃO CAI EM QUASE TODAS AS CAPITAIS NORDESTINAS PREÇO DO FEIJÃO CAI EM QUASE TODAS AS CAPITAIS NORDESTINAS Reviewed by Erivan Justino on 08:39:00 Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo