POR ATRASO DE SALÁRIOS E FOLHA DE PAGAMENTO DETALHADA, SINDICALISTAS MANTÊM GREVE

1
Na última quinta-feira (5), servidores da greve unificada realizaram ato público em frente à Prefeitura de Natal para reclamar que o salário de dezembro deveria ter sido pago até o dia 30, e não atrasado somente em janeiro. Enquanto os trabalhadores protestavam, sindicalistas se reuniram em assembleia unificada na Sempla.
Em entrevista ao Sinsenat, Soraya Godeiro, coordenadora do sindicato, criticou a falta de postura do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) em definir o calendário dos vencimentos atrasados. “A prefeitura não tem promessa de regularizar o pagamento dos servidores municipais. Os pagamentos de dezembro e janeiro estão indefinidos. É necessário que o prefeito restabeleça o calendário de vencimentos e instale a mesa de negociação com todos os sindicatos”, pediu a sindicalista.
Além do conflito dos atrasos salariais, os sindicalistas questionaram o aumento da folha de pagamento e como isso pode ter ocorrido sem um reajuste para os servidores que o justificasse. As entidades sindicais pediram a folha detalhada para análise, o que, de acordo com elas, não foi fornecido.
“Pedimos à secretária Virgínia Ferreira a folha de pagamento para que nossa assessoria jurídica a verificasse. Ficamos mais surpresos quando a secretária disse que não tinha domínio e conhecimento da folha. Se a secretária de Planejamento e Finanças não tem conhecimento da folha de pagamento, essa se torna uma situação muito preocupante”, afirmou Soraya.
Edivan Costa, diretor do SindGuardas, também se mostrou preocupado com a falta de informações acerca da folha. “Foram utilizados R$ 16 milhões para pagamento de 70% da folha, o que para a gente é uma surpresa. A prefeitura não diz quem são essas pessoas e como esse dinheiro é empregado, e nos deixa na dúvida. Essa folha é ou não grande? Parece que tem pouca gente ganhando muito”, disse.
Por fim, Célia Dantas, diretora do Sindsaúde, reclamou da discrepância no aumento da folha sem que os servidores municipais recebessem um reajuste que justificasse esse acréscimo. “Queremos que a prefeitura e as secretarias nos mostrem nominalmente a folha para sabermos quanto esses servidores ganham, já que a folha vem aumentando ano a ano e não tivemos reajuste nem em 2015 e nem em 2016, no entanto a folha aumentou em R$ 20 milhões”.
Por causa do atraso de salários e da ausência da folha de pagamento detalhada, os servidores votaram pela continuidade da greve e marcaram novo ato público. “Terça-feira (10), faremos ato em frente à Semad às 8h, e reivindicar que seja disponibilizada a folha de pagamento do município de Natal às entidades sindicais”, contou Soraya Godeiro.
POR ATRASO DE SALÁRIOS E FOLHA DE PAGAMENTO DETALHADA, SINDICALISTAS MANTÊM GREVE POR ATRASO DE SALÁRIOS E FOLHA DE PAGAMENTO DETALHADA, SINDICALISTAS MANTÊM GREVE Reviewed by Erivan Justino on 07 janeiro Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo