TRAGÉDIA COM A CHAPECOENSE COMEÇOU COM MUDANÇA DE VOO

A delegação da Chapecoense teve que mudar seu voo para Colômbia na segunda-feira por uma decisão da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que impediu a viagem para Medellín em um voo charter, por isso teve que embarcar em um avião comercial que se acidentou pouco antes de chegar na cidade colombiana.

Mudar de avião e deixar a cidade de São Paulo duas horas depois do previsto pelos diretores do clube catarinense foi o início de uma tragédia cuja sua verdadeira magnitude ainda é desconhecida, já que as equipes de resgate tentam chegar no local do acidente e buscam por mais sobreviventes.

A Chapecoense jogaria na quarta-feira, em Medellín, a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, contra o Nacional de Medellín, e pretendia viajar para a cidade colombiana em um voo fretado, que não foi autorizado pela Anac. Os diretores da equipe catarinense mudaram a programação e fizeram conexão para a Colômbia a partir do Aeroporto Internacional Viru Viru, em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, em um voo da companhia aérea LaMia. A aeronave tipo RJ85 e matrícula CP2933, com nove tripulantes e 72 passageiros, era aguardada no Aeroporto Internacional José María Córdova, em Medellín.



TRAGÉDIA COM A CHAPECOENSE COMEÇOU COM MUDANÇA DE VOO TRAGÉDIA COM A CHAPECOENSE COMEÇOU COM MUDANÇA DE VOO Reviewed by Erivan Justino on 29 novembro Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo