MINEIRO: “CORRUPÇÃO NÃO ERA EXCLUSIVA DO PT E NÃO FOI DERROTADA NAS ELEIÇÕES”


O deputado Fernando Mineiro (PT) concedeu entrevista ao programa “Meio-Dia Cidade”, da Rádio Cidade (94,3 FM), na última sexta-feira (18), oportunidade em que avaliou alguns elementos que poderiam ter prejudicado as candidaturas do PT pelo Brasil neste ano, bem como a sua ao pleito de prefeito de Natal.
Para Mineiro, o PT pagou o pato ao ser “exclusivamente” associado aos escândalos de corrupção vistos pelo povo brasileiro em 2016 que resultaram no impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. O deputado avaliou que mesmo que o Partido dos Trabalhadores tenha perdido força durante as eleições para prefeito – nas capitais brasileiras conseguiu vencer apenas em Rio Branco, Acre – a “corrupção não foi derrotada” nas eleições.
“Acho que houve uma relação com a vinculação e exploração do PT à corrupção, como se apenas dirigentes do PT houvessem cometido irregularidades. Não foi a corrupção que foi derrotada nas eleições, foi o PT o derrotado e massacrado como se os atos de irregularidades fossem exclusivos dos petistas. Vários corruptos com processos na Justiça foram eleitos pelo Brasil. O PT pagou o pato”, lamentou Fernando Mineiro.
No âmbito natalense, Mineiro, que terminou as eleições na terceira colocação, foi derrotado por Carlos Eduardo Alves (PDT). O petista explicou que ao manterem o prefeito no cargo, a população “escolheu uma gestão para poucos”, mas admitiu a derrota decorrente de um processo democrático. “A população escolheu um outro caminho, com todo o respeito à decisão dela, mas creio que nosso projeto era o melhor para atender as necessidades da cidade. Natal acabou escolhendo uma gestão que é para alguns apenas, mas é assim que funciona a democracia”, concluiu.
MINEIRO: “CORRUPÇÃO NÃO ERA EXCLUSIVA DO PT E NÃO FOI DERROTADA NAS ELEIÇÕES” MINEIRO: “CORRUPÇÃO NÃO ERA EXCLUSIVA DO PT E NÃO FOI DERROTADA NAS ELEIÇÕES” Reviewed by Erivan Justino on 21 novembro Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo