ESTUDANTES BLOQUEIAM ACESSOS DE SERVIDORES E BOLSISTAS ÀS PRÓ-REITORIAS DA UFRN


Depois de ocuparem a Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), os estudantes que fazem parte da manifestação contra a implementação da PEC 55 (antiga PEC 241), que limita os gastos públicos durante 20 anos em setores como saúde e educação, optaram desde a manhã da última quarta-feira (16) por impedir o acesso de servidores, bolsistas e público em geral às pró-reitorias do prédio.
Entre as reivindicações dos estudantes estão a luta pela não-criminalização dos participantes do movimento ‘Ocupa UFRN’ e a suspensão do calendário acadêmico. A decisão pelo bloqueio dos serviços no prédio da Reitoria foi tomada após reunião realizada entre os ocupantes na última terça-feira (15). Desde então montaram piquetes no local e permanecem lá enquanto aguardam diálogo com as autoridades da Universidade.
Visando uma solução, a Reitoria disse, através da assessoria de imprensa, que têm buscado conversar com os manifestantes e que se reuniu com líderes de centros acadêmicos, além de representações de docentes e de servidores da Universidade. Apesar de tudo, não houve acordo entre as partes e as ocupações prosseguem nesta quinta-feira (17).
ESTUDANTES BLOQUEIAM ACESSOS DE SERVIDORES E BOLSISTAS ÀS PRÓ-REITORIAS DA UFRN ESTUDANTES BLOQUEIAM ACESSOS DE SERVIDORES E BOLSISTAS ÀS PRÓ-REITORIAS DA UFRN Reviewed by Erivan Justino on 17 novembro Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo