ATO NO WALFREDO GURGEL COBRA RESPOSTA DO GOVERNO PARA GREVE DA SAÚDE

Ato será nesta quinta, às 09h, antes da audiência de conciliação na Justiça
A greve dos servidores da saúde estadual completa 23 dias nesta quarta-feira, atingindo hospitais da Região Metropolitana, de Mossoró e de Caicó, além do SAMU Metropolitano. A greve tem reduzido a quantidade de trabalhadores nestes locais, preservando o atendimento de urgência e emergência.
Os servidores exigem reposição salarial, concurso público, garantia da aposentadoria, retorno de uma gratificação extinta e recomposição dos valores da gratificação de produtividade, entre outros pontos. “Perdemos metade do salário nos últimos anos, principalmente na crise. O governo não vê nada disso. Um técnico de enfermagem dá um plantão de 12 horas, atende 25 pacientes e quando consegue uma pausa de madrugada para repousar encontra escorpião e barata no colchão”, denuncia Manoel Egídio Jr., do Sindsaúde-RN.

Neste período de greve, o governo estadual não sinalizou o atendimento de nenhum ponto da pauta apresentada. A atual secretária estadual de Saúde, Eulália de Albuquerque Alves, só veio a negociar com o Sindsaúde na véspera do início da greve, sem nenhuma contraproposta. Também nesta quinta-feira, às 10h, ocorrerá uma audiência de conciliação, no Tribunal de Justiça, com o sindicato e a Sesap.

“O caos na saúde não é culpa da greve. O governo precisa parar de tentar atacar a greve e negociar de verdade, reconhecendo o valor dos servidores e a nossa realidade”, defende Manoel Egídio.
ATO NO WALFREDO GURGEL COBRA RESPOSTA DO GOVERNO PARA GREVE DA SAÚDE ATO NO WALFREDO GURGEL COBRA RESPOSTA DO GOVERNO PARA GREVE DA SAÚDE Reviewed by Erivan Justino on 13 julho Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo