FALTANDO DOIS DIAS PARA O SEU INÍCIO, FESTA DE SANTA RITA DE CÁSSIA É DECLARADA PATRIMÔNIO CULTURAL E HISTÓRICO

Projeto de Lei é de iniciativa do deputado Tomba Farias


A Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Social da Assembleia legislativa aprovou nesta quarta-feira o Projeto de Lei de autoria do deputado Estadual Tomba Farias (PSB), que declara a Festa de Santa Rita de Cássia, realizada na cidade de Santa Cruz, “Patrimônio Cultural e Histórico do Rio Grande do Norte”. A aprovação agora deverá ser confirmada pelo plenário da Casa. 

Tomba, que comemorou a conquista, destaca que a aprovação da matéria deve-se ao reconhecimento da importância de uma das maiores  manifestações de religiosidade da Igreja católica do estado, representada pela devoção à Santa Rita de Cássia.  A festa de Santa Rita terá início nesta sexta-feira, 13, encerrando os festejos no dia 22 de maio. “As comemorações em torno da nossa padroeira duram 10 dias e são finalizadas com a realização de uma das maiores procissões do Estado”, explica.

A relatora da matéria, deputada Cristiane Dantas,  destacou também a importância da iniciativa. “Esse reconhecimento é o que o povo de Santa Cruz tanto queria. A festa de Santa Rita de Cássia faz parte da cultura daquele município. É uma expressiva manifestação popular de fé e devoção à Santa”.

FALTANDO DOIS DIAS PARA O SEU INÍCIO, FESTA DE SANTA RITA DE CÁSSIA É DECLARADA PATRIMÔNIO CULTURAL E HISTÓRICO FALTANDO DOIS DIAS PARA O SEU INÍCIO, FESTA DE SANTA RITA DE CÁSSIA É DECLARADA PATRIMÔNIO CULTURAL E HISTÓRICO Reviewed by Erivan Justino on 11 maio Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo