SAÚDE DO RN CADA VEZ MAIS DOENTE

Cresce o número de pacientes em macas nos corredores de hospitais do RN

A contagem do Corredômetro-RN, nesta segunda-feira (22),  constatou a presença de 157 pacientes recebendo atendimento em macas improvisadas nos quatro maiores hospitais do estado: Walfredo Gurgel e Santa Catarina, em Natal; Deoclécio Marques, em Parnamirim; e o Tarcísio Maia, em Mossoró.
 
A falta de leitos nos hospitais públicos é uma realidade enfrentada todos os dias. Nesta manhã, o Walfredo Gurgel apresentou só nos corredores, 61 pacientes em macas. Em outros locais, como nos setores de Politrauma e Neurocirúrgico, a quantidade de pacientes é a mesma da semana passada, 27 em macas. 

No hospital Deoclécio Marques, só a quantidade de pacientes em macas nos corredores, supera o total de pacientes na contagem da semana passada. São 35 pacientes nos corredores e 2 em outros locais. A contagem do dia 15, registrou 8 nos corredores e 12 em outros locais, total de 20 pacientes.
 
Na última contagem, o hospital regional Tarcísio Maia em Mossoró, triplicou os números de pacientes em macas comparado à média de 2015. A média era de 14 pacientes por semana.  Na contagem de hoje, o número de pacientes caiu para 7 nos corredores e 7 em outros locais. Bem diferente da semana passada, que registrou 50 pacientes em macas.

Apesar do total de pacientes cair um pouco em relação a semana passada, o número de pacientes nos corredores aumentou de 100 para 121. É notável que os corredores não param de chegar pacientes. A prova,  é a contagem realizada semanalmente pelo Sindsaúde-RN. A superlotação continua mostrando que a falta de leitos é uma triste realidade.  Assim como os problemas estruturais, falta de materiais e medicamentos e déficit de servidores, nos hospitais do RN.
SAÚDE DO RN CADA VEZ MAIS DOENTE SAÚDE DO RN CADA VEZ MAIS DOENTE Reviewed by Erivan Justino on 22 fevereiro Rating: 5
Postar um comentário

Romário Bispo